SÓ ESPERO TER FORÇAS PARA O FAZER.

Chega um determinado momento em que temos que parar para olhar para nós,
por nós.

Preciso parar, carregar baterias, preciso pensar, ter tempo para criar e voltar ao trilho do meu projeto. Em determinado momento, um outro momento, encarrilhei por um trilho que temo estar a chegar ao fim. Temo encontrar uma placa de sinalização com um nome que não era o que esperava, com um destino que não me irá agradar.
Temo…

Mas estaremos nós sempre a tempo de corrigir a viagem, de a alterar? … penso que sim mas…
só espero ter forças para o fazer.
Não é fácil voltar ao inicio, fazer “restart”.
Começar nova viagem.

continua…
(qualquer dia)