À procura de casa, no lusco-fusco de um dia invernoso, enquanto isso, à minha frente, algumas dezenas de pessoas na praia, como se no melhor dia de verão se vivesse, relaxam, estáticas. Caminhei entre elas, andei por todo o lado, sempre junto ao mar. Depois de muito procurar, achei que era aquela, apesar da areia da praia à entrada e a transbordar para o interior do aparentemente pequeno apartamento, do mar quase a tocar a soleira da porta e dos invisíveis vizinhos, algo me dizia que era aquela. Num dos lados da casa chovia torrencialmente criando uma ribeira que desaguava no mar logo ali em frente. Tive dificuldade em apreciar os contornos exteriores do edifício, devido à chuva de um lado e ao vento cheio de areia no outro. O meu conselheiro, só depois de eu ter formalizado um qualquer contrato, me informou que haveriam obras a ter em conta, …já estou habituado. Ainda sem ter visto o interior da nova morada, …ACORDO! …continuo no meu atual quarto, na minha atual casa. Suspiro de alívio mas, …inicio mais um dia com preocupação! Avancemos…
ps. espero que o contrato que fiz em sonhos tenha ficado sem efeito.

T0002

:: “Oportunidade T0″ – Grafite e caneta sobre papel. Coleção SOLIDUS#2 – 2011::

T1001

:: “Oportunidade T1″ – Grafite e caneta sobre papel. Coleção SOLIDUS#2 – 2011::

T2003

:: “Oportunidade T2″ – Grafite e caneta sobre papel. Coleção SOLIDUS#2 – 2011::

T3004

:: “Oportunidade T3″ – Grafite e caneta sobre papel. Coleção SOLIDUS#2 – 2011::