Todos os anos o MAC – Movimento de arte contemporânea, entrega no seu aniversário os prémios anuais MAC. Criados com o intuito de premiar individualidades ou mesmo instituições que tenham colaborado com a galeria, seja na divulgação parcerias ou outras colaborações, assim como, e principalmente, os artistas que nos espaços do MAC tenham exposto o seu trabalho e de alguma forma se destaquem nessas exposições.

No seguimento da Exposição MIND THE GAP, a Direção da Galeria decidiu distinguir o trabalho de Paulo Canilhas com o prémio “MAC escultura 2015″

Paulo Canilhas
por Álvaro Lobato Faria:
“As suas obras são reveladoras de um mundo sabiamente exposto, implacável, imaginativo e impetuoso que nos convida à meditação. Obras de forte impacto visual, formas recorrentes a alimentar um desejo de comunicações construtivas/ destrutivas, num trabalho sempre exigente e crítico consigo próprio, com os outros e com as circunstâncias. A sua pureza técnica caracteriza-se numa perfeita harmonia entre o material e a cor, provocando-nos com uma sobriedade de encantamentos, fazendo-nos parceiros da beleza que cria Recorre às suas vivências para através delas fazer as suas obras comunicar. Nas suas peças poderemos reconhecer as linhas técnicas e artísticas de um passado recente mas também apreciar novas linguagens e formas de dar expressão à matéria fria que é o alumínio.”